Este mês escolhi para cor de mês o dourado. Estando nós num mês como o Natal achei esta escolha apropriada. A cor dourada está simbolicamente associado ao ouro, ao poder e à riqueza. É a cor da nobreza e da inteligência. Numa casa, traz luz e opulência. Era uma cor outrora em desuso, mas que se tem vindo afirmar cada vez mais na decoração de interiores. Ainda não vemos em grande destaque como em sofás ou tapetes, mas em acessórios já se começa a verificar, ora em jarras, candeeiros ou castiçais e, uma vez e outra num pequeno apontamento como um cadeirão. Eu já introduzi esta cor em minha casa e adora vê-la, alegra a alma! Como estava muito associada ao estilo clássico, não se via incorporada na decoração dos dias de hoje, mas estando esta tendência a ganhar força já é possível vê-la refletida na decoração atual dando um ar distinto e elegante. É também possível constatar a mistura deste metal nobre com o cobre ou o prateado, mistura jamais feita até então, porque insinuava alguma falta de bom gosto. Hoje em dia já não é assim. No entanto, é necessário alguma cautela, como costume dizer – é preciso saber editar, e aí reside a experiência e o conhecimento.
Quando utilizada em excesso cansa a vista e, torna um ambiente muito pesado.  Deixo-vos aqui algumas sugestões de como a podem incorporar na vossa decoração, de uma forma leve e elegante, bastando para isso pequenas alterações. Espero que gostem. 🙂
cozinha_12

cozinha_13

gold_1
gold_4

cozinha_10

gold_5

gold_room

goldcorner_2

kitchen_gold

gold_6

hall_11

gold_8

See you soon,

Sandra Barbosa

Share: