Hello everybody.

Enquanto estava em casa assistir ao filme da Cinderella com a minha filha, fez-me lembrar em como todas nós sonhamos em ser princesas um dia e vestir algo como aquele vestido azul que ela usou na noite em que conheceu o seu príncipe encantado. A Cinderella faz parte do nosso imaginário infantil, mas também do mais crescido. É por isso que escolhi para o meu post falar de alguns vestidos que vi desfilar nas passadeiras vermelhas desta semana como a de Cannes. Uma coisa em nada tem a ver com a outra, mas eu decidi adaptar!

Muito se ouve falar de quem foi a mais bem e mal vestida, e verdade seja dita, algumas críticas são muito ácidas. Algumas das vezes quem as faz não deixa de ter razão, porque de facto existem pessoas acompanhadas de stylists que da forma como se apresentam não é nada de bom gosto. Também não deixa de ser verdade que as mulheres são muito duras e exigentes consigo próprias e as demais, ao ponto de algumas caírem num exagero e excesso de afirmação pública. Existem outras que de terem uma vida tão atarefada, já nem opinião têm sobre o que vestir, deixaram ser outros a decidir e muitas vezes são até apelidadas das mais bem vestidas da noite. Não vou aqui referir quem são, mas em boa verdade elas até chegam a dizer, mas nós o público estamos tão encantados com tudo aquilo que se passa volta dessa personagem (sim personagem) que esquecemos de verdadeiramente ver a pessoa. Ainda existe quem pense que gerir uma imagem pública é um trabalho muito pessoal, mas quanto mais eu vejo e analiso, reparo que existe toda uma máquina por detrás que o público não faz a menor ideia! A minha dúvida é: onde está a essência? Será que realmente existe nessa personagem ou figura pública que nós tanto idealizamos? Será que existe verdade e generosidade genuinamente? Sim, a generosidade, porque isso que é o que nos caracteriza. São as nossas atitudes praticadas diariamente em relação a nós e ao próximo que nos definem enquanto pessoa. Não é isso que caracteriza a nossa Cinderela?

Bem, eu escolhi algumas Cinderellas da passadeira de Cannes. Ainda este ano não tinha feito nenhuma publicação sobre as mais bem vestidas e aqui vão algumas. Foram tantas e tão bonitas as que desfilaram em Cannes que é difícil escolher qual a mais bonita.

Espero que algumas tenham ainda um pouco de Cinderellas.

Kirsten Dunst em Gucci

A Kirsten com o seu ar tão inocente neste Gucci, não sei mas só consigo vê-la como Marie Antoinete.

Charlize Theron em Dior Haute Couture

A Charlize é uma das minhas atrizes preferidas, ela representa todo um conjunto de beleza exterior e praticas no seu dia-a-dia que me fazem admirá-la. Este vestido Dior em preto e as joias Chopard, são um must-have!

Vestido de Alexander Vauthier

Gosto das manas Bella e Gigi Hadid. Vêm de um meio milionário, mas isso não as impede de seguirem os seus sonhos. Este modelo para mim foi dos que mais gostei dos que exibiu em Cannes. Simples e intemporal.

Vestido de Ellie Saab

A nossa Sara Sampaio neste festival de Cannes, só somou pontos positivos. Não houve um look dela que não desse que falar na passadeira vermelha. Nota-se a sua evolução nas suas escolhas quando comparado com o ano anterior. O seu namoro com o Oliver só está a fazer-se notar ainda mais. Este vestido que ela usou combinado com o penteado, as jóias e a maquilhagem foi mesmo a cereja no topo do bolo.

vestido de Micheal Cinco

Esta actriz de Bollywood, Aishwarya Rai foi a verdadeira Cinderella de Cannes. Não há um festival que ela não se destaque. A simplicidade do cabelo e da maquilhagem só deixou que o vestido falasse mais alto. Foi um dos momentos mais altos em Cannes.

Para mim esta foi a minha Cinderella. Houveram muitos eventos, muitos mulheres bonitas com vestidos desenhados e costurados por aqueles que mais percebem na industria da moda. Alguns verdadeiras obras de arte executados com minúcia e por mãos preciosas. É claro que Cannes não foi só isto, é um Festival de Cinema, onde este ano mais uma vez um filme português ganhou um prémio. Estamos em alta. Há que continuar a velejar.

Querem dizer-me qual foi o vosso vestido de Cinderella?

Muito amor,

Sandra Barbosa

Share: