Olá, Olá.

Este Outono tarda a chegar. Gostamos muito do verão, mas já começamos a sentir que está na altura de vermos a estação a mudar! Aquela altura que sentimos vontade de recolher, de olharmos para dentro e contemplarmos o mês da mudança. Penso que para isso não há nada melhor do que fazê-lo num bonito cadeirão em pele para este Outono.

Julgo que todos nós devemos ter um canto em nossa casa para que possamos chamar de nosso. Na minha casa temos esse canto. Pode ser o lugar para ler mas também para relaxar. Não tem de ser um lugar isolado  dos restantes espaços da casa, mas pode até ser integrado no próprio local da sala.  O que importa é que ele exista.

Eu este ano, estou muito virada para a cor da estação, mais precisamente para a cor camel, cognac, tijolo ou castanho nas suas mais diversas variações de tonalidade. Por onde passo em frente a uma montra, esta cor parece que chama por mim.

Vou mostrar-vos alguns exemplos de cadeirões em pele que gosto e na cor que vos falei. Vão reparar que é uma cor que fica bem nesta peça, em muitas casas era o lugar reservado ao patriarca. Julgo até que faz parte da historia de muitas famílias, e que esta coisa da moda e das tendências vêm resgatar as memorias esquecidas.

Vamos então a exemplos.

Este é um cadeirão icónico feito pelo designer Charles Eames, integrado numa sala de estar. Pede mesmo que nos sentemos nele a ler um bom livro. É uma das peças mais vendidas de sempre e qualquer apreciador de design sabe o seu valor.

Mais uma cadeira de design, muito contemporânea, mas que continua a fazer parte de muitos ambientes. A Butterfly chair nesta pele com patina fica demais. Adoro a fusão de estilos étnicos  com contemporâneos. Dá muita personalidade a um espaço. É linda e para quem gosta de design sabe o quão confortável ela é.

Aqui passamos completamente para um estilo clássico, que nos leva a pensar que já vi isto nalgum lado. Está integrado numa zona de leitura. É um cadeirão que se vê muito na decoração de ambiente formais e que muitos de nós vê numa casa portuguesa.

Este estilo mais retro está completamente na moda e não consigo deixar de gostar. Isto porque não é demasiado moderno nem clássico e não deixa de ser intemporal.

Este cadeirão nesta pele é a minha perdição. É muito confortável, o aspecto curvilíneo que tem é mesmo muito aconchegante. Só não tenho um em casa porque o meu estilo é uma mistura de clássico com contemporâneo. Sendo uma peça muito volumosa temos de ter espaço para que ela por ser vista e apreciada. Na minha casa não ficava bem e então optamos por um modelo que satisfazia o nosso gosto enquanto casal.

Vocês têm algum canto da vossa casa onde se recolham? É um cadeirão destes ou é algo diferente?

A decoração para mim tem destas coisas boas, nós não estamos aqui para decorar apenas casas, mas sim, contribuir para historia de cada individuo e de cada família.

Espero que gostem e aproveitem bem o resto da semana.

Espero comentários vossos.

xo, xo,

Sandra Barbosa

 

Share: